URGENTE: Precisamos de doações para pagar o DOMÍNIO e HOSPEDAGEM do Projeto Jogatina.
Qualquer valor é válido!
Para mais informações escrevam para doacoes@projetojogatina.org

Projeto Jogatina

Jogatina
vitoriosa

Bate que eu gosto
Super Street Fighter IV - Arcade Edition (Xbox 360)
Por Bispo Snake
• Criada em 27 de agosto de 2013
• Essa jogatina já foi visitada 1191 vezes.


    Screenshot contruibuído por um membro do projeto.

    Entre uma aventura e outra, tem que rolar uma pancadaria.

    A idéia é me acostumar com o game, com a mecânica nova. Serei eu capaz de ter o mesmo sentido aranha quando jogava SF2 no Super Nintendo, no nível 8? Quem sabe...

    13 comentários para
    Bate que eu gosto

    1. Consegui dar uma masterizada no Ryu, já consigo dar alguns combos e soltar especiais (acho que os dois principais).

      No online, estou apanhando feito cachorro de rua. Quero aprender agora a jogar com o Gouki.
    2. Fala Bispo!
      O que você achou em relação ao chamado "fighting sense" neste game? Mudou muito para você dentro do que você jogava em Street Fighter II, ou as técnicas "arroz com feijão" ainda falam alto? Eu sempre me virei com o básico...
      Procuro aprender através do menu de missões algumas coisas, mas não ajuda muito! Fora que há missões que são puro osso, como aplicar 4 rasteiras seguidas com o Zanguief (não tenho certeza se existe uma missão exatamente como esta, mas é certeza que o jogo te leva para esse caminho!
      Abraço! Boas porradas!
    3. Grande Rafa,

      Cara, acho que o arroz com feijão ainda fala alto hein... Eu uso as técnicas novas como ataques especiais (tipo hadouken que come 1 gomo da barra de especial), os super-especiais e os ultra combos mais como escape quando consigo uma abertura na defesa do adversário, ou estou encurralado :)

      No fim, acho que ainda impera o arroz com feijão como você disse. Principalmente nas pancadarias online, às vezes é o melhor recurso que você tem do que ficar perdendo tempo com combos só (todos eles).

      Sobre o menu de missões que você citou... Nunca reparei que existe isso! Você lembra o nome ou em que lugar eu acesso ele? Não me lembro de ter visto isso no menu principal...

      Aliás, você joga esse game por onde?

      Abração!
    4. Então, Bispo!
      O modo de missões é chamado neste game "CHALLANGE MODE" ou também conhecido como "TRIALS", e serve não apenas como um tutorial para se aprender as técnicas básicas de todos os lutadores, mas vai além ao requerer do jogador em níveis avançados o uso de combos complexos que envolvem o uso da barra de SUPER, golpes EX, FOCUS ATTACKS e ULTRAS, isoladamente e em conjunto. Como eu havia dito, é quase impossível um jogador conseguir 5 hits com rasteira fraca do Zangief, justamente este desafio um dos estágios do Challenge Mode para o personagem! Haja perseverança!Você encontra este modo no MENU PRINCIPAL, abaixo do menu NETWORK BATTLE.
      Eu tinha um X-BOX 360 com este game e o vendi. Comprei um PS3 e estou pensando em adquirir este game (não sei se espero por ULTRA STREET FIGHTER IV ou compro este último SUPER agora para depois comprar o ULTRA via DLC). Realmente, para se explorar ao máximo de todos os mecanismos, o jogador deve ter muita habilidade.
      Atualmente, estou jogando a versão para PC. Seria demais marcarmos umas partidas, não é? Não sei se é possível pelo WINDOWS através de gambiarras, por isso vou dar uma olhada!
      Abração, SNAKE!
        • Poxa Bispo, que pena que você não tem a versão para PC, cara! Você ia aprender a jogar com o Ryu rapidinho (depois de perder muito para mim, hahahahahaha).
          Cara, completar o Challenge Mode é um trampo tremendo! Se você se propôr, será um grande desafio vencer todos os trials! Poucos conseguem!
          Conte depois o que achou!
          Abraço!
        • Pô, Rafa... Tentei jogar os Challenges lá com o Ryu hein... Logo no começo você tem que dar os especiais do hadouken e do shoryuken, mas depois eu não manjei o tutorial ou como fazer o comando...

          Pede pra ir pra frente e soco e mais outro comando, tudo isso 3x... Vou tentar achar um vídeo pra explicar melhor.
    5. Grande Bispo Snake!
      E aí, gostou do Challenge Mode? Com certeza, este é o caminho!
      Você mencionou procurar por tutoriais, não é mesmo? Posso te dar uma maõzinha, amigo? Não precisa agradecer! O caminho para se tornar um verdadeiro artista marcial é longo!
      Aqui vai as referências para você treinar mais e melhor:
      Primeiro, busque um livro que te dê explicações técnicas aprofundadas, pois os guias oficiais são bons para quem está começando. Embora não sejam tão objetivos devido o número considerado de informações, é um bom começo para aprender os movimentos e combos básicos. Você pode procurar pelo PRIMA GUIDE de SUPER STREET FIGHTER IV.
      Segundo, aqui está o link de um vídeo demonstrando como completar os CHALLENGES com RYU. O link está abaixo!

      LINK
      Espero ter te ajudado! Vamos ao encontro do mais forte, como diria Nelson Machado dublando o narrador de Street Fighter Victory!
      Abraços!!
      • Ajudou pra caramba, valeu mesmo pelas indicações :)

        O que eu tinha enroscado é o challenge do 1:32 do vídeo que você mandou... Não consigo emendar dois socos médios agachado. E imaginei que o 3o seria outro soco médio, não a rasteira :)

        Enfim, challenge né. Tem que dar certo :D

        Obrigado mesmo, tendo promoção na Steam eu pego pra gente trocar uns sopapos.
        • Hehehehehe! Está sentindo o drama, não é Bispo? Eu me pego xingando muito o game por conta desses "features"! Frustração atrás de frustração com comandos que não entram em minhas sequencias... Foi como te disse antes: desde Street Fighter II e suas demais versões nos é exigida pura técnica, difícil de se dominar, porém plenamente possível. Para o Ryu, estes dois socos médios que precisam ser emendados devem ser aplicados em um tempo específico e preciso! Por mais rápido que você venha a apertar o botão, tem um tempo e uma distância calculada para fazê-lo! Jogamos desde Street Fighter II de Super Nintendo, e até hoje, ainda existe muito o que se aprender!
    6. Eis aqui um jogo que deverá demorar para ser masterizado.

      Joguei um pouco mais online e apanhei como cachorro de rua sem dono. Tentei então mudar a dificuldade da jogatina solo pra mediu-hard. Continuo apanhando feito um condenado. =)

      Devo ter pego uns 15 continues (sem zueira) pra passar pelo THawk, o 3o lutador que joguei contra no solo. Repararam que sempre o 3o lutador da sequência é que dá canseira, independente de quem é?
    7. Consegui fechar o game no modo Hard usando apenas dois continues. Já é alguma evolução :)

      Em contrapartida, joguei 3 lutas online contra o mesmo cara, e fui surrado as 3 vezes, como um cão sarnento de rua sem dono - e cada vez contra um personagem diferente. Tenho muito que aprender ainda.
    8. Pronto, o veredito é que consegui me acostumar ao jogo, tal qual nas épocas áureas. Ainda há coisas que preciso masterizar no game como combos, cancels e contragolpes, mas acho que já sou um adversário à altura dos japoneses.

      Isso tudo com o Ryu claro, mas também acho que consigo jogar de boa com suas variantes, como Ken, Akuma, Evil Ryu, etc.

    Tabela de caretas e tags +
    Os comandos personalizados disponíveis são:
    [b] negrito [/b]
    [i] itálico [/i]
    [u] sublinhado [/u]
    [s] riscado [/s]
    [x] spoiler [/x]
    [-] bolinha indicadora de lista

    Deixe uma resposta

    Assinar comentários desta página via RSS

    Projeto Jogatina

    "Takes this silver dagger to save your neck."
    Castlevania 2, NES 8-Bits
    "Jogatina para Jogadores Honestos."

    © 2018 Projeto Jogatina
    © 2018 Igreja do Famicom Invisível
    © 2018 NES Archive
    Idealizado por Pastor Cospefogo.
    Todas as marcas, jogos, personagens e produtos aqui mencionados são propriedades de seus próprios autores.
    Todos os comentários e análises são de responsabilidade de seus respectivos autores.
    O sítio Jogatina não tem nenhum vínculo ou objetivo comercial. Gamepad icons by Deleket (Jo Mendoza).
    Voltar ao topo