URGENTE: Precisamos de doações para pagar o DOMÍNIO e HOSPEDAGEM do Projeto Jogatina.
Qualquer valor é válido!
Para mais informações escrevam para doacoes@projetojogatina.org

Projeto Jogatina

Jogatina
vitoriosa

Manager Artois
Dragon Quest 4: Chapters of the Chosen (Nintendo DS)
Por Pastor Cosme
• Criada em 06 de janeiro de 2014
• Essa jogatina já foi visitada 872 vezes.


    Screenshot contruibuído por um membro do projeto.

    Ao embarcar no latão para merecidas férias na ilha de Floriano Pólis decidi escolher um jogo de renome para passar meu tempo. Fui direto a este famoso título - DQ4. Que jogo maravilhoso. Fiquei com muita vontade de um dia experimentar a versão no NES.

    37 comentários para
    Manager Artois

    1. Simplesmente viciante. Maravilhosamente delicioso. Assustadoramente encantador! Já passo das 17 horas de jogo e estou procurando pelo cavaleiro Ragnar para que ele junte-se ao meu grupo e também pela chave mágica, que abre diversas portas trancadas.
    2. Explicando o nome da jogatina: no capítulo onde joga-se com Maya e Meena, as duas irmãs dançarinas (do ventre? ha ha), o nome do empresário delas é Manager Artois. Captaram? Hahahaha! Chorei rindo...
      • Cara, o jogo é reto e direto, apesar de ser dividido em vários capítulos. Até agora não perdi mais que 15 minutos sem saber o que fazer ou sem saber pra onde ir. Acho isso um diferencial bem positivo... Mas já comunico que o jogo é longo! Pelo que vi comentários, cerca de 30~45 horas!
        • Se o jogo é bom e gostoso de se jogar, que seja longo!
          O problema é o jogo não ser lá essas coisas e ser longo, ou mesmo ser longo por causa de repetições cansativas.
        • Não não... não há nada de cansativo nem de repetitivo em Dragon Quest 4! O que cansa muitas vezes é ficar subindo de nível de experiência, mas não precisei fazer muito disso. O único momento em que parei para tal tarefa foi por descuido mesmo. Havia um maneira mais fácil de ganhar dinheiro mas eu não me dei conta!
      • A única cousa BEM, mas BEM irritante no jogo são os sotaques. Cada região do mundo tem diferentes jeitos de falar (o inglês). Com sotaque francês, escocês, e muitos outros "ês". Existem momento que é chato pra caramba entender o que estão dizendo. Detestei isso...
        • Esse jogo é sensacional.

          Essa parada de sotaque diferente não existe na versão de NES. E o nome do empresário também não é Manager Artois. Aliás, vários nomes são diferentes entre Dragon Warrior 4 do NES e esse Dragon Quest IV do DS.

          Depois deste, emenda no DQV que você não vai se arrepender. É o melhor da série.
        • Pois é! Ouvi falar que o DQ5 é realmente o mais bacana de todos! Vamos ver se vou ter ânimo pra jogar dois RPGs tão grandes um atrás do outro! Tenho o Portopia na mira também... agora já fiz a propaganda!
    3. Fiz mais avanços ontem: matei Baalzack, o assassino do alquimista Mahabala (que era pai de Maya e Meena) e matei dois Liquid Metal Slimes! 10.500 pontos de experiência cada! Sensacional. Subi vários níveis por conta disso!
    4. Progresso grande ontem! Já fiz o Colosso andar e adentrei no Hall Demoníaco. Com meu grupo disfarçado de monstro, participei de uma reunião com o maléfico Psaro e descobri que o Lorde do Subterrâneo foi encontrado nas minas de Mamon, acidentalmente, pelos mineradores. Facilmente cheguei até ele, mas fui chacinado - por falta de estratégia de minha parte. Hoje eu volto lá!
    5. Parei. Estudei com calma a situação e me dei conta de um pequeno templo onde aparecem bastante Liquid Slimes. Fiquei por dois dias só caçando-os e pegando experiência. Subi meu grupo todo ao nível 40 (estava no 25) e matar o Lorde do Subterrâneo foi quase que uma brincadeira. Agora sim. Prossegui sem medo!

      Encontrei a Zenithian Sword no topo da árvore gigante de Ygddrasil e uma "anja", que estava lá em cima, me pediu pra ajudar a levá-la de volta para sua terra, o tal castelo voador. Emocionante demais!
    6. Já cheguei em Azimuth, a pequena-grande ilha! Nesse lugar tem vários King Metal Slime! Só consegui matar 1 até agora. Herdei 30.000 pontos de XP! Continuo mais subindo níveis do que jogando pra valer. Pelo menos depois vou mais descançado!
    7. Uma das coisas que me faz apreciar com mais carinho esse jogo é o modo de salvar. Mantiveram o modo clássico, original, básico. Quer salvar o jogo? Vá até um templo, converse com o Religioso e salve. Não tem essa de mamãozinho com mel e cereais de salvar o tempo todo, bem na cara do chefe. Esse modo clássico dá o tempero de emoção ideal a um jogo de RPG.
        • Eu acho que por ser um portatil, tem que salvar a qualquer hora mesmo!
          O Zelda tem uma mecanica "meio-termo". Vc aperta select e salva a hora que quiser. Mas quando volta, volta do inicio de uma dungeon, ou da sua casa.. Nunca exatamente onde estava. Mas pelo menos mantem seus progresso com itens, chaves, etc...
        • No caso do DS é só fechar a tampa para suspender. O problema é deixar por muito tempo e acabar a bateria.
        • Eu gosto do esquema de save dos Zeldas. Te permite parar a qualquer hora, mas não dá a colher de chá de você ficar salvando o tempo todo e sempre voltar a 1 passo atrás de onde você está.
      • Você gosta de save na igreja porque é pastor. Mas no caso, só Jesus salva!
        E o que me desespera é, pensar. Bom, vou salvar agora porque tenho que parar e.... (to indo até o spot de salvar e morro).. AAAHHHHHHH
        • Mas é aí que mora a emoção da coisa! Sofrer mil penitências para matar um chefe no fundo de um labirinto, CONSEGUIR O FEITO, e morrer por uma bobagem antes de salvar! Hahahehae!

          Mas claro, concordo que, portátil tem que ter SAVE RÁPIDO, a qualquer momento. Obrigatório!
    8. Cheguei por três vezes consecutivas no último e todo-poderoso chefe ~ Psaro, o Matador de Homens! Nas três vezes lutei até o monstro atingir sua última forma, e nas três vezes fracassei. Vou subir mais alguns níveis e aí esse traste me paga!
    9. Uma coisa que eu acho muito legal neste jogo: O personagem principal está destinado a impedir a ressurreição do lorde das trevas, ou algo assim. Você faz isso bem antes do fim do jogo.

      Agora tem que começar o Dragon Quest 5, já que ele é o segundo jogo da trilogia Zenithia.

    Tabela de caretas e tags +
    Os comandos personalizados disponíveis são:
    [b] negrito [/b]
    [i] itálico [/i]
    [u] sublinhado [/u]
    [s] riscado [/s]
    [x] spoiler [/x]
    [-] bolinha indicadora de lista

    Deixe uma resposta

    Assinar comentários desta página via RSS

    Projeto Jogatina

    "That guy's a maniac. Why'd he bite me?"
    Truck Driver, Resident Evil 2
    "Jogatina para Jogadores Honestos."

    © 2018 Projeto Jogatina
    © 2018 Igreja do Famicom Invisível
    © 2018 NES Archive
    Idealizado por Pastor Cospefogo.
    Todas as marcas, jogos, personagens e produtos aqui mencionados são propriedades de seus próprios autores.
    Todos os comentários e análises são de responsabilidade de seus respectivos autores.
    O sítio Jogatina não tem nenhum vínculo ou objetivo comercial. Gamepad icons by Deleket (Jo Mendoza).
    Voltar ao topo