URGENTE: Precisamos de doações para pagar o DOMÍNIO e HOSPEDAGEM do Projeto Jogatina.
Qualquer valor é válido!
Para mais informações escrevam para doacoes@projetojogatina.org

Projeto Jogatina

Jogatina
vitoriosa

[MIGRADA] Chicote estrala no Círculo Lunático
Castlevania - Circle of the Moon (Gameboy Advance)
Por ZEMO
• Criada em 17 de dezembro de 2012
• Essa jogatina já foi visitada 990 vezes.


    Deve fazer uns 7 anos que comprei essa fita, e ela está aqui esperando a vez. É um prazer e um orgulho seguir tirando o pó dos bons jogos da gameteca e descobrir e redescobrir pérolas.

    Pretendo jogar todos os Castlevanias do GBA, na ordem, e por isso começo pelo Círculo Lunático!

    A ideia, como sempre será em jogatinas iniciais de iniciantes é apenas ir até o final. Nada de querer fazer 100%, coletar todos os itens, etc. A ideia é se divertir curtindo o jogo livremente.

    [Link Externo]

    16 comentários para
    [MIGRADA] Chicote estrala no Círculo Lunático

    1. Finalmente venci o Drácula.
      Peguei a manha mesmo do cara. O único ataque dele que me arranca energia agora é a chuva de meteoros, mesmo assim, nem sempre. Na verdade, basta castigá-lo bem rapidamente que chega a cair apenas uma chuva de meteoros.
      Após vencê-lo, recomecei de onde havia salvo pela última vez explorei mais um pouco o castelo, encontrando ainda mais coisas. Fechei a Battle Arena, onde ganhei uma armadura muito violenta, que aumentou minha defesa pra mais de mil. Logo depois, ganhei a carta do Unicórnio, que é muito sangrenta, pois tem um DSS que recarrega 10HP a cada espadada, além de um outro que é uma espadada assassina, que faz o STR ir pra 1300 e uns quebrados.
      A conclusão é que se eu tivesse usado todos os Potions e Meats que tinha no EMBORNÁ pra liquidar de uma vez por todas a Battle Arena, já estaria com essa armadura lascada faz tempo e poderia ter vencido o Drácula faz tempo também.
      Terminei o jogo com 98,6% do mapa aberto, no level 60, e sem achar três cartas de deuses. As três últimas da direita.
      Após terminar o jogo e assistir os créditos, o jogo me deu um código pra eu colocar como nome do jogador e abrir um tal modo "MAGICIAN". Testei e não vi diferença alguma, a menos que você já começa com todas as cartas liberadas. Quem sabe um dia eu jogue este modo.
    2. Esse jogo é ótimo! É um Castelo da Vania de primeira linha... agora... O Harmony of Dissonance é uma aberração que nunca devia ter nascido. Foi feito por um time não-Konami e simplesmente deixa muito, mas muito a desejar.

      Dica de amigo ~ não perca seu tempo.
      Ou melhor ~ jogue AGORA MESMO, na sequência, pra você sentir as diferenças na pele e me ajudar pelo resto da vida a difamar Harmony of Dissonance.

      • O próximo de GBA que jogarei certamente será o Harmony of Dissonance.
        E tomara que minha impressão seja melhor do que a sua, afinal, os crucrus já foram gastos com a fita.
        Mas está realmente difícil escolher a próxima FITA de GBA a ser jogada. Será alguma dentre as seguintes, todas em estado de empoeiramento engavetístico:

        • Castlevania: Harmony of Dissonance
        • F-ZERO: GP Legend
        • The Legend of Zelda: Minish Cap
        • Mario Golf: Advance Tour
        • Megaman & Bass
        • Metroid Fusion

        Ao menos fica a certeza de que será um jogo bem divértido.
        • • Metroid Fusion é lindo
          • Minish Cap é divino
          • Harmony of Dissonance é uma cacofonia ensurdecedora
        • Provável que eu pegue um de esporte ou o Megaman & Bass, pra dar uma variada e descansar um pouco da metroidvanialice.
          Jogaste o Fusion e o Minish Cap até o final??
    3. Zemonildo, o jogo é espetacular do tipo "outra pérola que o IGARASHI tirou da cronologia por pura frescura" ou é só mais um Metroidvânia? Pelo que me disseram o Circle of the Moon é uma tremendo jogão. Confere?
      • Cara, é um jogo divertido.
        Isso eu garanto.
        Tem pentelhices do tipo ter que ficar caçando cartinhas pra obter as magias, e às vezes tem que ficar subindo de level pra conseguir superar certos desafios. Na minha míope visão isso vai contra tudo o que há de Castlevania na minha mente de fiel da Igreja do Famicom Invisível. O que quero dizer é que Castlevania sempre foi um jogo que dependia muito mais da habilidade do jogador do que de qualquer coisa. Nesse jogo já não é bem assim, quebrou o paradigma, para o bem ou para o mal.
        Sei que isso não nasceu NESTE Castlevania, mas é isso. É mesmo mais um Metroidvania: ganha alguns extras como exploração e magias, mas perde no quesito desafio à habilidade do jogador.
        Resumindo, não achei espetacular, achei apenas um bom jogo.
        • Zemo, quanto a desafio, experimente seguir no modos que vão abrindo conforme for jogando. Quando termina uma vez, abre um modo mais complicado. Quando terminar nesse modo, tem mais um, um pouco menos complicado. Terminando ele, tem outro, mais complicado que os 2. E depois ainda tem mais um 5o modo...
        • Esse modo MAGICIAN que abriu eu achei mais fácil que o modo normal! Nem me empolguei pra jogar. Na verdade eu tou horizontalizando as minhas jogatinas, preferindo visitar o maior número de jogos empoeirados quanto possível, jogando-os apenas nos modos normais inicialmente. Se não fosse assim, é provável que eu me aventurasse. Quem sabe um dia eu revisito este bonéco...
        • Olha, nao é mais fácil nao. O Nathan não desenvolve ataque nem defesa. Logo, logo o ataque normal dele não tira dano nenhum dos inimigos. E qualquer porradinha manda ele pra tela de Game Over. Tem de acabar o jogo usando só magias. BEM pedreira...
        • Hummm... é que eu não dei muita bola mesmo. Comecei a jogar, vi que já começava com todas as cartas e achei que era só isso a diferença. Realmente deve ficar bem difícil sem evoluir a chibata e sem melhorar a defesa!
        • Ok, fiquei feliz em saber desses detalhes, principalmente por vir de um fã dos jogos clássicos da franquia. Talvez eu dê uma chance pra ele no futuro...

          O jogo pode até ser um Metroidvânia, mas pelo menos ainda é mais criativo do que muitos que cheguei a jogar no DS.
        • E se quiser sair jogando neste modo bem mais desafiador que o Flyer esclareceu, basta espiar no spoiler lá em riba pra ver como se faz!

    Tabela de caretas e tags +
    Os comandos personalizados disponíveis são:
    [b] negrito [/b]
    [i] itálico [/i]
    [u] sublinhado [/u]
    [s] riscado [/s]
    [x] spoiler [/x]
    [-] bolinha indicadora de lista

    Deixe uma resposta

    Assinar comentários desta página via RSS

    Projeto Jogatina

    "You have to defeat sheng long to stand a chance"
    Street Fighter
    "Jogatina para Jogadores Honestos."

    © 2018 Projeto Jogatina
    © 2018 Igreja do Famicom Invisível
    © 2018 NES Archive
    Idealizado por Pastor Cospefogo.
    Todas as marcas, jogos, personagens e produtos aqui mencionados são propriedades de seus próprios autores.
    Todos os comentários e análises são de responsabilidade de seus respectivos autores.
    O sítio Jogatina não tem nenhum vínculo ou objetivo comercial. Gamepad icons by Deleket (Jo Mendoza).
    Voltar ao topo