URGENTE: Precisamos de doações para pagar o DOMÍNIO e HOSPEDAGEM do Projeto Jogatina.
Qualquer valor é válido!
Para mais informações escrevam para doacoes@projetojogatina.org

Projeto Jogatina

Jogatina
vitoriosa

Por mais Ellinor
Musha Aleste - Full Metal Fighter Ellinor (Genesis/Mega Drive)
Por Mike Cody
• Criada em 02 de março de 2014
• Essa jogatina já foi visitada 515 vezes.


    Objetivo: terminar no modo hard.

    Lendas megadráivicas sugerem que terminar o jogo no hard exibe uma tela a mais no final. Vamos (tentar) descobrir se isso é mesmo verdade...

    2 comentários para
    Por mais Ellinor

    1. Começando do chefe da fase 4, o negócio fica cabuloso. Mísseis teleguiados. Não posso dizer que simpatizo com eles.
      Sem falar que as navezonas entupidas de canhões que vêm depois nas fases 5 e 6 estão dando muito mais trabalho.
      Estou empacando em um minichefe da fase 7 - mais mísseis teleguiados. Argh. Se no modo normal ele já é inconveniente...
    2. É verdade! Há uma mísera tela extra para quem termina no hard.
      Pô, terminei Spriggan no normal e tem um monte de telinhas.
      Mas para um cartucho, e dos antigões do Mega, até que não está ruim.


    Tabela de caretas e tags +
    Os comandos personalizados disponíveis são:
    [b] negrito [/b]
    [i] itálico [/i]
    [u] sublinhado [/u]
    [s] riscado [/s]
    [x] spoiler [/x]
    [-] bolinha indicadora de lista

    Deixe uma resposta

    Assinar comentários desta página via RSS

    Projeto Jogatina

    "That guy's a maniac. Why'd he bite me?"
    Truck Driver, Resident Evil 2
    "Jogatina para Jogadores Honestos."

    © 2018 Projeto Jogatina
    © 2018 Igreja do Famicom Invisível
    © 2018 NES Archive
    Idealizado por Pastor Cospefogo.
    Todas as marcas, jogos, personagens e produtos aqui mencionados são propriedades de seus próprios autores.
    Todos os comentários e análises são de responsabilidade de seus respectivos autores.
    O sítio Jogatina não tem nenhum vínculo ou objetivo comercial. Gamepad icons by Deleket (Jo Mendoza).
    Voltar ao topo