URGENTE: Precisamos de doações para pagar o DOMÍNIO e HOSPEDAGEM do Projeto Jogatina.
Qualquer valor é válido!
Para mais informações escrevam para doacoes@projetojogatina.org

Projeto Jogatina

Jogatina
vitoriosa

Sonata do Cabelo de Prata
Lunar: The Silver Star (Sega CD)
Por Pastor Cosme
• Criada em 26 de junho de 2013
• Essa jogatina já foi visitada 1268 vezes.


    Screenshot contruibuído por um membro do projeto.

    Pra mim foi um surpresa, maravilhosa surpresa... Caí por acaso no SEGACD, e comecei a jogar este incrível jogo. Estou me sentindo voltando pra casa num sábado de loucadoura!

    Caras, experimentem! O jogo é nostalgia total, um prazeroso RPG muito bem feito, e, muito importante ressaltar é a ergonoomia e dinâmica do jogo, tudo super bem planejado.

    Sei que devo estar pra lá de atrasado jogando isso só hoje, depois de tantos anos, mas confesso, um dos melhores RPGS que já experimentei!

    43 comentários para
    Sonata do Cabelo de Prata

    1. Sim, bem atrasado :)
      Sugestão de missões futuras: jogar o "Lunar 1.5", que é o Silver Star Story Complete de Sat ou PS1, e a sequência dele, Eternal Blue, seja lá em que plataforma for.
      Eu eu assino em baixo: um dos melhores JRPGs já feitos. O Eternal Blue Complete é, justamente, o meu JRPG preferido.
    2. Caçambola, sempre ouvi muito bem da série Lunar, mas nunca joguei um jogo sequer. E agora que meu PlayStation One morreu de vez...

      ...

      Pera aí, olhem só o que a página gringa do jogo na Wikipédia fala:

      "A Windows-based PC version of Silver Star Story was released in Japan in December 1999 by DigiCube featuring higher resolution graphics and video playback."

      Pesquisarei mais a respeito em outro horário (passa da uma da manhã). Será que existe algum patch em inglês para essa versão de PC? Hmmm... Dizem que a versão é bem rara e difícil de achar.
    3. Pois é, Flyer... E pensar que eu tive todos os Lunares no PSX e sequer coloquei-os pra rodar na época. Mas nunca é tarde demais.

      E Macho, sim... exite essa versão Windows. Parece ser linda! Mas por que você não joga no SEGA CD mesmo?
      • Cansei de ficar procurando a versão para PC Pastor, rs... Vou pegar a original para Sega CD (já deixei puxando no uTorrent, alta pouco). Nada melhor do que a experiência original, não é mesmo?

        Como eu nunca joguei, creio que não iria desfrutar apropriadamente das novidades das outras versões.
    4. Pois é, Pastor!
      Tive as mesmas sensacionais sensações quando joguei o Silver Star Saga no PSX!
      O Eternal Blue está sem dúvida na fila.
      Meu sonho bobinho é que um dia conseguirei jogar no original, mas após a declaração do Flyerito, fica muito tentador jogar em uma versão alternativa...
    5. E eu, novamente, recomendo jogar as alternativas também.

      A Silver Star Story tem tanta diferença entre a versão original e a Complete, que é bem um "Lunar 1.5" mesmo. Ainda estou devendo ir com a original até o final.
      A Eternal Blue ainda é basicamente o mesmo jogo, mas eu realmente gosto das mudanças que fizeram no jogo. Só de não ter batalhas aleatórias, com você sempre vendo os inimigos nas dungeons, o jogo já ganha uma dinâmica mais ao meu gosto.
      Mas, claro, depois de decidir por uma das versões do Eternal Blue e matar ela, vá ao YouTube e assista as CGs da outra. Seja no original, feito em tempo real, como no FMV da versão complete, elas são muito bem feitas.
    6. Que jogo cativante, não? Cada diálogo, cada nova cidade, cada novo canto do mundo de Lunar é sempre algo muito interessante de se vivenciar! Joguei várias horas ontem e não me cansei por um minuto sequer.

      Encontrei o velho Dragão e ganhei brindes dele, consertei a ponte, acendi o farol na costa marítima da ilha, recuperei o mapa dos oceanos, naveguei para o grande continente e fui roubado pelo maldito joalheiro quando tentei vender o diamante do dragão!

      Preciso agora adentrar aos subterrâneos da cidade pra recuperar minha gema (e me vingar do pilantra, claro). Entretanto a coisa não é simples não... Os inimigos no mundo dos esgotos não são atingidos por armas comuns, preciso re-encontrar o mago que me ajudou previamente para poder assim confrontá-los!

      E hoje segue a jogatina!
      Estou ansioso pelas 18 horas!
    7. Mais uma tarde de jogatina ontem, subi diversos níveis, aprendi diversas magias, matei um dragãozinho nos subterrâneos de Meribia e gastei dinheiro equipando um fulaninho que cinco minutos depois me disse que ia abandonar o grupo, que a aventura estava sendo demais pra ele. RAIOS!
    8. Mas confesso que tenho jogado com culpa... Passar uma tarde inteira praticamente fazendo a mesma coisa, sem parar (pegando xperiência e subindo níveis), me faz pensar quantos outros jogos de plataforma eu teria jogado! O velho dilema do RPG!
    9. Joguei mais um tantinho ontem. Cheguei na cidade flutuante de Vane e, para poder me inscrever na escola de magia e na guilda dos mágicos, preciso ir até uma vila de pescadores e provar o meu valor eliminando um suposto DragonMaster charlatão. Vamos ver o que acontece hoje.

      Tecnicamente falando, Lunar do SEGA CD tem uma coisa chata ~ Ao equipar uma arma ou armadura, você precisa navegar por vários menus pra ver se seus status aumentou ou diminuiu, pra saber se o equipamento é melhor ou pior do que o que você está usando.

      Será que no PSX arrumaram isso?
    10. Jogando no Wii com controle de SNES, Cosmão. Eu recomendo a jogatina, é sensacional. Mas, ao mesmo tempo, não consigo deixar de ficar com peso na consciência quando jogo RPGS... O tempo que se gasta em um único jogo é enorme. Imagino sempre quantas outras jogatinas não podia estar fazendo.
    11. E o Mestre Ghaleon acaba de matar o Dragão Branco! Sacanagem! Maldito seja! Agora eu preciso proteger a Deusa Althena deste lunático desenfreado! O jogo está quente pra caramba! Eu só ainda não tenho ideia de como fazer para abrir os baús trancados que tenho encontrado pelo caminho!
    12. Ontem joguei mais um tantinho do jogo. Preciso agora encontram um fulano ~ um sábio que tem várias respostas para perguntas cruciais ~ que vive no topo de uma torre na região onde tem um vulcão. Pra chegar lá, preciso ir de balão! Mas, para o balão funcionar, precisa antes ser terminado, e faltam cordas! Estou catando uma tal raiz de um monstro ciclano em um pequeno deserto a leste de Iluk, mas não o tal bicho não aparece! Muito estranho...
    13. Eu ando com uma preguiça gigante de retomar esta jogatina... Cheguei numa parte onde tem um pequeno deserto e eu preciso matar um verme/monstro específico para adquirir as cordas para o balão ~ mas, não tem jeito de encontrar o tal bicho. Coisa chata...
      • É nessa hora que eu procuro um detonado sem spoilers ou dou uma olhada no GameFAQs e afins. Não tenho mais saco para encalhar eternamente em uma parte de um jogo e, as vezes, arruinar uma jogatina que estou curtindo por conta de um único momento do jogo.
        • Zemo, é um deserto numa pontinha de terra. Ele não é cenário do mapa, por si próprio. Ele é como as cidades. Tem um ícone com alguns planaltos, e você "entra" nele. Dentro dele fica sempre vindo o mesmo tipo de monstro.

          No GameFaqs fala pra ficar procurando, andando a esmo, que uma hora o tal bicho aparece... Mas até agora, nada.
        • Direto do GameFaqs:

          Talk to the inventor now. His hot air balloon is almost ready, but he's missing one small part. He wants you to go to the eastern desert and get some roots from the monsters there. Once you come back with those, he'll let you use the balloon to float to Damon's Spire.

          The Man-Eating Plants in the Desert are resistant to magic, so if you use your normal attacks, you should have no problem. Keep fighting them until you get the Giant Root.
    14. Grande progresso ontem! Por mais irônico que pareça, na primeira batalha que fiz no deserto logo após ligar o jogo já ganhei as raízes que precisava entregar ao inventor do balão para serem usadas nas cordas do mesmo. Sensacional! Mas claro que, logo após decolar, a aeronave movida a vapor se espatifou sobre a cidade de Reza.

      E fiz mais um bom progresso! Hoje tem mais! Vou até o vulcão com lava!
    15. Joguei sem vinho mesmo, sóbrio, atento, alerta! Já consegui o Escudo do Dragão e também o Elmo do Dragão, entretanto descobri que Nash é um traidor! E o desgraçado ainda por cima roubou uma de minhas incríveis descobertas e fugiu com a Bruxa Xenobia!

      Raios! Ansioso por mais!
      Hoje é sábado! É dia de locadora, de banho, e de videogame!
      (E de limonada, no verão!)
    16. Ontem de noite rendeu bastante! No mistura dos alhos com bugalhos o Nash não era um traidor, fez-se passar por um pra descolar informações sobre como chegar até a bruxa Xenobia e Ghaleon, o inimigo-mor. Erradiquei a doença que assolava as pradarias do norte, na região da vila de Pao e arranjei armas excelentes. Salvei na porta de entrada da caverna do Dragão negro, depois de reativar o tele-transportador com a água da miragem.

      Acho que agora falta pouco. QUE JOGÃO.
    17. Cheguei no final da caverna do Dragão Negro, e encontrei o danado, reencarnado em seu próprio esqueleto, uma pilha de ossos implacável. Morri na primeira luta, mas como havia salvado logo antes do combate, espero hoje liquidá-lo!

    Tabela de caretas e tags +
    Os comandos personalizados disponíveis são:
    [b] negrito [/b]
    [i] itálico [/i]
    [u] sublinhado [/u]
    [s] riscado [/s]
    [x] spoiler [/x]
    [-] bolinha indicadora de lista

    Deixe uma resposta

    Assinar comentários desta página via RSS

    Projeto Jogatina

    "The last metroid is in captivity. The Galaxy is at peace."
    Super Metroid
    "Jogatina para Jogadores Honestos."

    © 2018 Projeto Jogatina
    © 2018 Igreja do Famicom Invisível
    © 2018 NES Archive
    Idealizado por Pastor Cospefogo.
    Todas as marcas, jogos, personagens e produtos aqui mencionados são propriedades de seus próprios autores.
    Todos os comentários e análises são de responsabilidade de seus respectivos autores.
    O sítio Jogatina não tem nenhum vínculo ou objetivo comercial. Gamepad icons by Deleket (Jo Mendoza).
    Voltar ao topo